TRÊS POEMAS/TRÊS POETAS


Nesta série com as poetas Adélia Costa, Leocy Saraiva e Clécia Santos


Desejo
Adélia Costa
Quero a leveza da alma voante
Que põe as dores no tanque
E no varal tudo expõe, estanque
Para não mais se lembrar
Evaporar no ar até espaçonar

Quero o brilho dos olhos, amantes
Que cintilam abertos, berrantes
Ao léo, fechados, como diamantes
Reluzindo trovas e imagens
Gozos infindos, suspiros viajantes

Quero ser poeta não errante
Que por terras e mares pisantes
É poesia, luz, mágica que te encante
Assim quando adubo um dia eu for
Que eu germine nas linhas e liras
Floresça nas eternas juras de teu amor


Uma noite de sonhos
Clécia Santos
Adormecida emergi,
Viajei por dias e noites
O percurso lindo
Que é está entre nuvens.
Senti que nada eu era
Apenas floco de neve
No frio encontro
Do fio subconsciente...
Do eu e dos sonhos.


De pedra
(Leocy Saraiva)
Extirpei a raiz da primavera,
Senti meu suor verter em vão/
Me vi de novo aprendiz da solidão/
Arremessei o amor pela janela.

Não vi a banda passar/
Tocando uma canção singela/.
As flores viraram pedras
e eu virei uma delas.


Um comentário: