Êxtase em nós


Um poema de Adélia Costa

Quando somos ebulição
E amorosos explodimos
O mundo inteiro silencia
Ao som mudo e ígneo
Da orquestra  harmônica em nós
De repente, tudo se transforma
Em ciclos, arranjos e notas
Somos um...
Elipse, eclipse, fusão
É a música que toca
Silenciando o mundo
Nos deixando mudos
Simultaneamente,  poliglotas
E dos sons que em nós se formam
A linguagem que nos importa
É a ouvida encostada no peito
Enquanto carinhos e beijos
Nos unem sem mácula,
É o êxtase em nosso leito
Conjugando em um, o nós...

Nenhum comentário:

Postar um comentário