Doce aventura ► Paula Belmino



Uma aventura,
Uma brincadeira.
O descobrir da vida
a sonhar.
Experimentar
o sabor doce de uma árvore 
e o gosto eterno de uma flor.
Medir o som do vento
e dar vida à música de um livro.
Provar o gosto do pôr do sol
e sentir a ternura macia
da pena de um passarinho 
aninhado em nosso peito. 
Isso é viver
E achar-se livre.
É voar na imaginação.
Numa aventura de se descobrir
e de saber ser
Sempre, criança.

5 comentários:

  1. Viver a eterna infância em plena natureza em liberdade de expressão através dos livros. Feliz dia das crianças!

    ResponderExcluir
  2. Lindo, como sempre. Você é de uma sensibilidade infinita, Paula, e a transmite a sua linda filha e a nós. Um beijo.

    ResponderExcluir
  3. Lindo poema. Pena que as crianças hodiernas estão raptadas pela tecnologia e já não sabem voar na imaginação, brincar com a natureza

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Valdeci é preciso que nós pais e educadores estejamos atentos para limitar o tempo aos aparelhos tecnológicos e brincar mais ao ar livre. obrigada pela leitura

      Excluir