CORAÇÃO DE POETA É CRIANÇA


DEZ POETRIX DE JOSÉ DE CASTRO


01.

CORAÇÃO DE POETA É CRIANÇA

Trago-te um sorriso de estrela..
Uma roda gigante.
Uma ternura em caracol.
  
02.

NUMA CAIXA DE FÓSFOROS

Guardo um raio de sol.
Milhões de vaga-lumes.
Meu peito é girassol.
  
03.
CORAÇÃO DE POETA É CRIANÇA

Ternura em cachos.
Sorriso em pencas.
Eterna primavera.
  
04.

MEU CORAÇÃO PARECE 

Águia no infinito azul.
Borboleta amarela.
Escaravelho lápis-lazúli.

05.

CORAÇÃO DE POETA É CRIANÇA

Reivento a vida ao vento.
Bailarino do tempo.
Viro mundo de pernas pro ar.
  
06.

UM DIA, MARIA FUMAÇA

Resfolega arco-íris.
Destino ao longe apita.
Coração fora do trilho. 

07.

CORAÇÃO DE POETA INVENTA TUDO

Um elefante que flutua.
Um navio-foguete.
Sol que namora lua.


08.

CORAÇÃO DE POETA NAVEGA O TEMPO

Nos teus braços entardeci.
Fiz-me pôr do sol.
Luar nasceu em mim.

09.

CORAÇÃO DE POETA MENINO

Revira o mundo.
Veleja no sonho.
Inventa amplidões.

10.

CORAÇÃO DE POETA VIAJA

Onde vais tu?
Ali, na esquina do sonho. 
Encontrar o impossível.   


*José de Castro, jornalista, escritor, poeta. Escreve também para crianças. Livros recentes: Vaca amarela pulou a janela, O Palhaço e a Bailarina (com Clécia Santos) e Um livro, um castelo. Membro da SPVA/RN, da UBE/RN e da Academia de Letras, Artes e Ciências Brasil – ALACIB/Mariana/MG. Contato: josedecastro9@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário