MÃE • Por PAULA BELMINO



Mãe em toda dureza da vida,

nunca desiste,

nunca se cansa de lutar por seus filhos.

E mesmo cansada,

Entre espinhos e obstáculos

É fina flor,

é doce e terna

é um trevo da sorte.

Mãe é sinônimo de resiliência!

De onde saí toda força

para enfrentar essa

dureza da vida?

Ao ser mãe,

Deus confiou-lhe a força,

a linha estreita entre a busca

e à vitória.

Quando recebeu o dom de ser mãe

Deus gerou nela

Através dum cordão, um nó,

Ventrículos entrelaçados,

a força, a garra .

Toda vida do coração de Deus

para o seu, a pulsar

interligado ao do filho.

A alma sente,

o coração bate,

e o seu coração vive

amarrado em outro peito ...

No do filho,

Sua fonte de vida.
  

Corações interligados

pra lhe dizer que nunca se pode desistir

E que amar é a força para

sobreviver e

Ir além do imaginável.

Um comentário: