OUTUBRO ROSA

Um poema do Poeta ANDRÉ SANTOS SILVA

Ninguém consegue calar a voz
nem mesmo tirar a esperança e a fé
que se lançam em busca da vida
e acreditam ser o que ela é.

E daí se a vida, por um instante,
folhas secas trouxer?
Faça nascer a primavera,
na estação que vier!
Afinal, a força é a certeza
do que se espera pela fé.

Quanta força o ser humano tem
para manter vivo o coração,
superar tantas dificuldades
e viver sem solidão?

Quanto de força se precisa
nesse momento de reflexão?
Erga-se  a cada instante
sem se lembrar da mutilação,
corte o cabelo, fique careca,
use chapéu, peruca ou não,
acredite e tenha certeza
de vida nova e organismo são!

Pinte a vida com cores diversas,
cante, arrisque, brinque e faça festa!
Curta, vibre, coma e durma
não deixe espaços para aresta,
afinal, a vida é o centro da alma
e a todo o instante é o que interessa.

Então dirás: "aqui jaz o sofrimento"!
Jogue fora a tristeza, a solidão e toda a prosa.
Ajude, tire alguém do lamento
e faça nascer uma vida nova.
Grite mais alto e expulse o desalento
e entre na onda do Outubro Rosa.
Viva feliz e se cuide
a vida, hoje, é o que importa.
                        

Nenhum comentário:

Postar um comentário