DA SÉRIE HOMENAGEM AO DIA DAS CRIANÇAS

Três poemas infantis, nesta sessão com os Poetas  ADÉLIA COSTA, WESLEY MARQUES e JANIA SOUZA
INFÂNCIA
ADÉLIA COSTA

Gosto de criança
Esperança
Alegria
Menina de trança
Brincadeira que não cansa...

Mas num canto de parede,
ouço soluços!
Uma criança se esconde
ninguém a procura
Como um café com leite,
É faz de conta, não conta!

31 alerta!
Corre feito atleta!
O caçador não a viu
pegou o primeiro ônibus
E não era primeiro de abril

Foi-se o pique esconde
não se sabe para onde
Perdida ficou a criança
Por sua Esperança

Junto com o carro,
foi-se o sorriso
o carinho
o sonho
o conto
Deixando-a no ponto

Na retórica parada,
Ficou a certeza...
Que há despedidas
Que a roda viva
Nunca deixará trazer
A infância de volta

                 💐 💐 💐
  
A RESISTÊNCIA DE SER
WESLEY MARQUES  

Nunca deixei de ser criança
Nem pretendo
Também não pude evitar de ser adulto
Mas não assassinei a criança que há em mim
Sufocada com meias verdades inúteis
A criança que fui
Que sou
Os adultos me ensinaram a dar muita importância a coisas fúteis
E quando criança, eu não tinha vergonha de dançar
De gritar
Chorar
Sorrir
E não quero, jamais, que isso morra em mim
Criança é o amor dando cambalhota
São almas que atravessam portas fechadas
São gemidos e risadinha engraçadas
O sorriso no meio da desgraça
O esplêndido no meio do nada
"Felicidade existe"
Uma criança disse
Eu acreditei
  
                💐 💐 💐
  
NATIVIDADE*
JANIA SOUZA

Crianças viajantes na esfera terra
Jamais percam a esperança mesmo que a dor
Mutile seus corpos com arames farpados na carne
Roubem sua inocência enlameando seus pensamentos
Na violência em explosão em qualquer recanto
Do seu quarto escuro - fechado e tão isolado
Ou nos ladrilhos das ruas de qualquer cidade.
Não esqueçam que seus sonhos são flores de liberdade
Na travessia do sofrimento
Ultrapassado
Com a fé dos homens de boa vontade
Seguidores do Crucificado
Pregador da paz, do amor, da união entre os homens.

Natal foi feito para ser vivido
Comemorado
Em família com partilha e fraternidade!

Crianças viajantes no planeta terra
Saibam que a felicidade sempre está ao seu lado
Mesmo que monstros mentais varram do seu convívio
Os elos da humanidade.

Despertem em cada coração
Um jardim de candura em solidariedade
Ternura do Pai Criador
No nascimento do Seu filho Jesus
Senhor da Palavra!

* Para as Crianças do Mundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário