DA SÉRIE HOMENAGEM AO DIA DAS CRIANÇAS

Três poemas infantis, nesta sessão com os Poetas RITA CATITAEVA POTIGUAR e CHARLAN FIALHO
O GRILO
RITA CATITA

Cri, cri,cri...
Toda noite ele canta.
Onde se esconde este grilinho?
Procurei na casa toda,
Não encontrei.
Canta se parar.
Será uma serenata?
Este grilinho quer bem namorar!
Mas ninguém aguenta o seu cricrilar!!!!!
  
                  💐 💐 💐
  
MINHA CRIANÇA
EVA POTIGUAR
  
Minha criança quer brincar com a tua
chora de saudade a lua
Lembrando de nossa travessura 
Dos medos da noite escura
Dos pés descasos  com chulé
Da casinha de chaminé
Do  cheiro do picolé
Da bodega do Seu Zé

Me dar tua mão
Vamos à capelinha de melão
Antes do bicho papão
Comer  doce com pão
E salsicha com macarrão
Pai Francisco de cachecol
Chegou nesse arrebol
Agora a noite virou sol
E a estrela girassol

Entre no carrossel
Nessa festa no céu 
No barco de papel
Com a bruxa e Rapunzel
Então, Cabeça de mamão,
Corre pra rua do coração
Nossa ciranda de balão
Canta na luz da  imensidão!

                  💐 💐 💐
  
TRAVESSURAS COLORIDAS  
CHARLAN FIALHO

Canto com meus encantos
Brinco com minhas mãos
Brilho com meus sonhos
Sou criança com razão

Faço do mundo um arco-íris
Dos papeis meu desenhar
Pinto flores, planto amores
Sou criança sem cansar

Meu sorriso são minhas cores
Meus abraços meu nanar
Gosto de dançar no tempo
De amarelinha brincar

Sou criança borboleta
Sou feliz com meus suspiros
Voo e escrevo meus versos
Nas estrelas do infinito


Nenhum comentário:

Postar um comentário