DA CAMPANHA OUTUBRO ROSA

Três poemas em apoio à campanha OUTUBRO ROSA, nesta sessão com a participação dos poetas GILVÂNIA MACHADOWALTER AUGUSTO DO NASCIMENTO CHARLAN FIALHO.
REVISTA DE OURO apoia a campanha de prevenção ao câncer de mama neste Outubro Rosa. Seja você também um agente multiplicador e compartilhe nossas poesias temáticas.

Outubro Rosa é uma campanha de conscientização que tem como objetivo principal alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama. Esta campanha acontece com mais intensidade no mês de outubro e tem como símbolo o laço cor de rosa.

FLOR-MULHER

GILVÂNIA MACHADO         

Dedos pétalas
Se toquem
Bem me quero
  
            💐 💐 💐
  
OUTUBRO  ROSA

WALTER AUGUSTO DO NASCIMENTO     

Este mês primaveril
Digno de muitos louvores
A rosa como emblemática
Neste caminho de flores
Ela espelha e multiplica
A forma mais específica
No tratamento das dores.

É o mês que rege e alerta
O ser humano mulher
Dos cuidados preventivos
No que melhor convier
Do valor mais expressivo
Fundamental e preciso
Pra poder viver com fé.

E neste mês me orgulho
De saldar outubro rosa
Celebrando o dom da vida
Através de minha prosa
Quem dela cuida e zela
Tem bem mais amor a ela
E sua idade prorroga.

Se não fosse outubro rosa
Seria rosa no outubro
E eu confesso até juro
Que havia repercussão
Mulher é digna por tudo
Faz parte em lindo prelúdio
De tão rica prevenção.

Outubro rosa é a campanha
De conscientização
Que objetiva a mulher
Ter a sua prevenção
Contra o câncer de mama
Que hoje muito demanda
Em toda nossa nação.

As medidas protegidas
Estão todas a mercê
De qualidade de vida
Sempre a lhe favorecer
Com condições produtivas
De escolha e alternativas
De melhor poder viver.

Viva! Outubro rosa.

             💐 💐 💐
  
OUTUBRO ROSA
CHARLAN FIALHO       

Chegou a cor
O mês desabrochou
O rosa é o amor
E o outubro seja senhor  
Que o amor seja a flor
Que sare toda aflição
Sem cor de desespero
Sem a cor da depressão

Dias de primavera
O coração sempre espera
As flores disseminar
O perfume da saúde
Sem o drama
Sem o mal
Sem o medo
Sem o câncer de mama

Sinta o toque
Dos bustos de cada corpo
Com os dedos flexionem
A alegria em cada rosto
Que a sorte resulte em alaridos festivos
Onde a prevenção seja o motivo
De viver uma vida sem pesadelos


Nenhum comentário:

Postar um comentário