PRIMAVERA OFERTA

Um poema de PAULA BELMINO

Dou-te flores
As flores primeiras.
As mais perfumadas.
As que abrem a manhã,
Um pingo de sol caído n' alma
Amarela flor
Irradiando luz e vida
A flor do amor.

Dou-te flores
As flores acordadas
as mais puras e delicadas.
Singeleza a beijar tua fronte
De orvalho molhadas.
Dou-te flores
as de poesia encantadas.

Dou-te flores
A primavera repleta
flores derradeiras e  raras
 de afeto estimadas.
Flores pra guardar na mente
 no coração virar semente
Germinando e florescendo,
as flores especiais.
Dou-te as flores da paz!

Um comentário: