MEU MUNDO É VOCÊ

Um poema de ELIETE MARRY

Quando desejo sentir o melhor dos perfumes,
beijo teu pescoço, inalo teu cheiro
Quando preciso harmonizar meus pensamentos,
é no teu peito que encontro repouso
Quando sinto frio,
agasalho-me em teu abraço para me aquecer
Quanto estou longe de casa,
é dentro do teu corpo que faço morada
Quando estou frágil,
bebo o mel dos teus beijos para me fortalecer
Quando me vejo perdida,
é no teu olhar que regresso à vida
Quando não há bons livros para ler,
poemo nossa história
para não esquecer o quanto amo você

5 comentários:

  1. Obrigada, Revista de Ouro pela contemplação de meu fazer poético, neste espaço literariamente encantador!

    ResponderExcluir
  2. Que palavras doces e quanta simplicidade e beleza andando de mãos dadas em teu fazer poético.Virei fã, Lili!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações poéticas!
      Grata pela leitura e acolhida, poeta Erilva, feliz que gostastes!

      Excluir
  3. Eliete amiga o romantismo nunca sai de moda!! Parabéns minha linda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, doce amiga poetisa. É preciso manter acesa a chama do romance, o mundo anda muito árido, há elas demos romances embalados de amor!

      Excluir