SETE TROVAS DE TEREZA CUSTÓDIO

Trova Literária é uma composição de quatro versos heptassílabos com sentido completo. Para efeito de participação em concursos realizados no Brasil, rima-se o 1º com o 3º e o 2º com o 4º no tradicional formato ABAB. 
Trova 01 - Classificada em primeiro lugar no III Concurso de Trovas da União Brasileira de Trovadores UBT– Country Magazine 2017 – Novos Trovadores – Juiz de Fora/MG

─ Como unir a humanidade
ausente de compaixão?
─ Tolerância e piedade:        
Eis as chaves da união.

Trova 02
O segredo revelado
machucou meu coração.
Lágrima, tristeza e fado
sepultaram a união.

Trova 03
Num país fantasiado
de quimeras e ilusão,
o ser fica alienado
Perdido na multidão.

Trova 04
─ Dizem que nosso destino
já está por Deus traçado.
Sou então um peregrino
andando de pé atado?

Trova 05
Pedras surgem no caminho,
retire-as sem reclamar.
Continue mesmo sozinho
até a meta alcançar.

Trova 06
Vivo no arrependimento
dessa vida que optei.
Sou tristeza e sofrimento
por tudo que reneguei.

Trova 07
Portugal é meu caminho,
deixei lá meus devaneios.
Volto pra bandas do Minho
cheia de sonhos e anseios.


TEREZA CUSTÓDIO nasceu em Senador Pompeu no Ceará em 1952. É graduada em Letras pela UFRN. Especialista em Artes Cênicas e Línguas Estrangeiras (Inglês – UFRN) e (Espanhol – Espanha). Professora aposentada do IFRN, dedica-se a escrever romance, cordel e trovas. Seu primeiro romance “O BÁLSAMO” da editora Chiado/Portugal recebeu da Diretoria da União Brasileira de Escritores UBE-RJ, o prêmio “Permínio Ásfora” 2017. Em 2018, lançará o livro Infantil em cordel "A VIDA COLORIDA DE VITÓRIA" e o cordel em sextilha "DISCRIMINAÇÂO NA RAÇA NEGRA".


3 comentários: