SETE POETRIX DE FÁTIMA MOTA

Imagem • Divulgação

Teia

No teu olhar
meu olhar
e_terna presa.

Cheiros

Entre rosas e espinhos
Eu colibri-me
vermelho.

 Insensatez

 Refestela-se o corpo
 a alma suspira:
 pão, vinho, poesia..

 Segredos

 Entre quarto e paredes
 você, eu
 desfazemos os nós.
  
Tempo rei

 Nos teus olhos
 presente e passado
 há_Temporal.

 Foto_Poema

 Re_colho versos
 entre o teu olhar
 e a minha lente.
    
 Textur_ato

Nos teus a_braços
 minhas digitais
            recri_artes.


FÁTIMA MOTA


Saiba mais sobre Fátima Mota...

Maria de Fátima Mota Moraes Lopes (Fátima Mota)

Sou Maria, como tantas outras,   mãe, mulher, professora, poeta, protagonista das batalhas do dia a dia.  Penso, logo faço. Se faço, logo existo. Deixo rastro aonde passo, às vezes bom, outras não, mas não passo em branco.
 Sou Fátima, não a santa, sou artesã da palavra, transito entre a pintura e a poesia e aqui exponho minhas ideias ao deleite ou à crítica de alguém.

Meus caminhos literários:

Participação em Antologias e Coletâneas: 501 Poetrix para de ler antes do amanhecer; Fagulhas Poéticas I e II; Coletânea de Poemas -Edição Comemorativa UBE/RN - 2015; Coletânea Literária   II Seminário Internacional das Américas; Antologia de Poetas Brasileiros Contemporâneos vol. 57, 76; Antologias:  Poemas Dedicados, Versos Verdes , Poesia de Corpo e Alma , Os mais belos poemas de amor.




Um comentário:

  1. Que honra deixar meus escritos aqui. O poeta que habita em mim saúda o poeta que habita em todos vocês. Salve!!!

    ResponderExcluir