POETAS HOMENAGEIAM A CIDADE DO NATAL

Os Poetas JEFFERSON SANTOSDANIEL BEZERRA e WESLEY MARQUES, GALADO homenageiam a cidade do Natal
Imagem • Ricardo Morais

CHUVA NA MENINA
  
Chove na Cidade do Sol.
Chove, chove, chove – três vezes chove.
As gotas caem aos meus pés.
A chuva esconde o sol, mas eu não me esqueço dele
(nem me esquecerei da chuva que choveu o dia todo na Cidade do Sol).

Sol, sol, sol...
Onde estarás?
Chuva, chuva, chuva...
Te vejo além da gota com qualquer coisa que trago dentro de mim.
Dentro de mim e dentro de ti somos chuva quando lágrimas – faíscas de esvaziar como que já anunciando o fogo dos olhos dessa menina que é feita sol.
  
JEFFERSON SANTOS


      💐 💐 💐



NATAL, NOIVA DO SOL
  
Ó Natal, noiva do sol!
Tu tens encantos mil
Tuas praias, teu primor
És a mais linda do Brasil.


Tu és tudo para mim
Minha grande beleza
Tens sol o ano inteiro
És a pérola brasileira


És a terra de Cascudo
És linda de encantar
Quem aqui um dia veio
Com certeza irá voltar
  
Cheia de encanto e magia
Toda esta cidade inteira
Deixa em nós a nostalgia
Linda, Natal noiva do sol!


DANIEL BEZERRA


      💐 💐 💐
  

NATAL QUE TODOS CONHECEM
  
Na mesma praia que tu estavas nua Natal
Estavas suja
Esgotos e mais esgotos se banham nas águas do teu mar
As pegadas dos animais
O lixo dos homens
Chora a arte, chora a vida
O palhaço, a rapariga e o artista
O abandono das casas de teatro
O abandono da ribeira que já foi palco
Natal, cidade histórica, a capital mais violenta do brasil
Bateu recorde este ano
Já matou mais de mil
Ar puro, bibliotecas fechadas, céu azul, noiva do sol
Ainda não estais pronta para casar
Chora os parentes, chora o povo potiguar
Em Natal, todo mundo é galado
Toda a população
E não pense maldade não
Galado também é exaltação
Natal é a cidade que mais agride LGBT
Que ver?
Basta ligar a TV
O papinha vai te oferecer, com uma colher dourada nas mãos
As desgraças na hora de comer
Sorri e chora o povo potiguar
Como é linda Natal
  
WESLEY MARQUES, GALADO.


2 comentários:

  1. Eita! Só poemas massa e essa imagem da ponte de onde tanto pulei deixou os versos ainda melhores. Parabéns, aos poetas

    ResponderExcluir
  2. Show de poemas adorei

    ResponderExcluir