O legado do meu Pai • Luiza Silva Oliveira


um canivete
uma calçadeira
e uma caixa de moedas antigas
um sonho
no boteco,
o seu truco
com amigos em boemias
seu brilho no jogo de bilhar
sua integridade
e seus bigodes a la Bievenido Granda
seus sapatos engraxados
suas gravatas listradas
e sua amorosidade ímpar
simplicidade, humanidade
trejeitos no caminhar
suas costas arcadas
pai! pai!
eu estou aqui
visto sua camisa e me sinto acolhida
em seu abraço e sua candura.

Luíza Silva Oliveira 


Um comentário: