Somaia Marguerite recita Boba da corte de Valéria Brasil




Sou boa e sou má
Sou quente e sou fria
Sou doce e amarga no côncavo e convexo
Sou exata e imprecisa, sorriso de Monalisa
Sou de tudo um pouco
profunda, não rasa!
Confusa, obtusa
me usa!
Quero provar quem tu es!
Quem eu sou?
Seu revés.


-
Autor: Valéria Brasil
Declamação: Somaia Marguerite Gonzaga
Música: Axl Rosenberg - Aithérios

2 comentários: