Índio, amor e terra - Clécia Santos


Onde há terra
Há teu corpo
Em volta, num olhar
Guerreiro que és!

Sublime suor
Por muitos já explorado.
Fostes dono de tudo!
Do amor de Ceci...
Sobrou a mistura de raça.

Índio, amor e terra
Hoje restrito apenas
A distante lembrança!
 -

Clécia Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário