Amor platônico - Marielle Sant’Ana


Não importo quem você seja, se é rico, pobre, mulher, homem, LGBTT, velho, jovem, destro, canhoto, intelectual, iletrado, religioso, ateu, gordo, magro, alto, baixo, bonito, feio, famoso, anônimo, negro, branco, amarelo, vermelho, azul, verde, lilás, ou tudo junto e misturado. O que me importa é apreciar a Filo entre nós. Apreciar sua Sofia individual. E você apreciar a Sofia que há em mim. Agora, abra a porta. Olhe. Cheire. Deguste. Ouça. Sinta. Um universo desconhecido habita em cada ser nestes vastos e infinitos planos.
-
Marielle Sant’Ana

Nenhum comentário:

Postar um comentário